Weby shortcut

Política de Segurança

Em janeiro de 2015, a partir de uma sessão do Conselho Universitário, foi definida a necessidade da implementação de forma prioritária de ações para a implementação de efetivas ações de segurança da UFG. À época, o assunto também foi objeto de discussão em reuniões informais e formais, a exemplo de sessões ordinárias de Conselhos Diretores.

Durante reunião do Consuni, no mês de maio de 2015, sugeriu-se criar uma comissão para elaborar proposta de Política de Segurança da UFG e também a realização de audiências públicas para debater o assunto e propor soluções concretas para o problema da violência na Universidade. A Comissão de Segurança, instituída por meio de portaria do Reitor, é composta por representantes de docentes, técnico-administrativos e estudantes. Para subsidiar os trabalhos da comissão, a Reitoria da UFG, também em 2015, destinou recursos para a realização da pesquisa Violência, conflitos e crimes nos Câmpus Universitários: subsídios para uma política de segurança da UFG, que foi desenvolvida pelo Núcleo de Estudos sobre Criminalidade e Violência (Necrivi) da Faculdade de Ciências Sociais.

Baseando-se nos resultados da pesquisa e contando com orientações do Necrivi, iniciou-se a realização de audiências públicas e debates em todas as Regionais da UFG com o objetivo de estabelecer o diálogo e convidar a comunidade universitária a participar efetivamente das estratégias e ações preventivas e inibidoras de ações de violência.

Confira o documento da consolidação das ações formuladas a partir das audiências públicas

Confira a versão preliminar da Política de Segurança

Listar Todas Voltar